O Alma, em Lisboa, chefiado por Henrique Sá Pessoa, reabre já no próximo dia 26 de maio. Com duas estrelas Michelin, o restaurante, tem agora dois menus de degustação com o mesmo número de momentos [seis] de forma a reduzir o tempo da refeição.

Agora com 20 lugares sentados, medida refletida da obrigação da redução da lotação do restaurante em 50% da sua capacidade, o Alma apresenta dois menus de degustação — Alma, inspirado nos clássicos do chefe e Costa a Costa, em homenagem ao peixe e marisco da costa portuguesa —, mais curtos, com apenas seis pratos cada, o que reflete “numa redução do tempo da refeição e no preço final da experiência”, fixada agora em 120 € por pessoa em ambos os menus.

Entre as opções à la carte, o menu foi também adaptado, mantendo quatro sugestões de entrada, quatro de pratos principais e três sobremesas. Foie gras salteado, maçã, granola, beterraba e café, caldeirada de peixe e mariscos e os ex-líbris calçada de bacalhau, gema confitada, puré de cebola e salsa e bomba de chocolate, caramelo salgado e sorvete de avelã são alguns dos pratos que compõem o menu.

Perante os tempos adversos, Henrique Sá Pessoa acredita que a cozinha do Alma vai muito ao encontro do que faz sentido neste momento, “uma cozinha de memória e que apela ao público português e às nossas raízes gastronómicas”.

O Alma estará aberto de terça a domingo, ao almoço, das 12h às 16h e ao jantar, das 19h às 23h. A reserva deve ser feita através do site oficial ou do número de telefone 213 470 650.