Todos temos momentos de hospitalidade que identificamos nas nossas vidas, experiências inesquecíveis que se destacam na nossa memória. Muitos destes momentos devem-se ao acaso, a um encontro de sorte com alguém, ao longo da nossa caminhada, que se tornou uma referência na nossa vida.

O chefe que descobre em nós um talento que não sabíamos que possuíamos, e a esta talvez seja o caso da hospitalidade do amanhã, especialmente quando este período complicado em que todos vivemos terminar e o chefe que se esforçou para garantir o nosso emprego vai precisar de toda a ajuda possível para ativar uma rápida recuperação aos grandes palcos da gastronomia. Bem, vamos querer voltar mais fortes mas, embora este conflito financeiro nos tenha ensinado alguma coisa, agora vamos precisar de equipes com uma filosofia de multi-tarefas para superar esta quarentena catastrófica e voltar rapidamente a um mercado que se prevê muito mais competitivo.

Mas se foi uma perda repentina que destruiu as certezas da vossa vida e a tomaram muito consciente devido à nossa atual realidade, não desanime; vai haver seguramente novas oportunidades para voltar ao mercado de trabalho, basta ter força para levantar a cabeça e, se não puder ajudar, peça ajuda. Alguém irá ouvir. Portanto, considere-se com sorte se foi um dos afortunados por continuar a ter um emprego amanhã.

Estes momentos parecem muitas vezes ser o produto do destino ou da sorte ou talvez das intervenções de um poder superior. Nós não podemos controlá-los. Mas será isso verdade? Há momentos decisivos que nos acompanham? Porquê agora? O que posso eu mudar? E por que não mudo afinal?

Definir momentos de hospitalidade que moldam as nossas vidas, mas não precisamos esperar que estes aconteçam na mudança do mercado de hoje. Podemos ser os autores deles, visualizando-os e monitorando a verdadeira felicidade de quem nos visita diariamente, semanalmente, mensalmente e anualmente. Tempo! A hospitalidade como desporto.

E se o Chefe pudesse projetar um momento em que o cliente ainda refletisse anos depois? O impacto da hospitalidade, a ação do hoje, refletirá definitivamente na vida de amanhã, quando todos começarem a chegar de novo aos nossos restaurantes, trazendo vida à normalidade, fazendo o que amamos, com paixão, entrega e com um sentimento de propósito. Receber.

Mas esta recuperação funcionará melhor se Hoteleiros, Recursos Humanos e Restaurateurs apoiarem o poder humano, cuidando de todos, criando magnetismo positivo para as pessoas. Nós somos os doadores de momentos em Hospitalidade.

Para construir momentos elevados num restaurante, precisamos aumentar os nossos prazeres sensoriais, com as pessoas que se preocupam com nossa terra, florescem restaurantes com as suas incríveis épocas de trabalho estação após estação, entregando-nos as suas melhores colheitas provenientes da natureza e que nos são sempre leais para, portanto, serem servidos numa bandeja de prata para os nossos queridos clientes. É claro que, se necessário, adicione um toque mágico de gratidão, contando uma história da sua terra e dos seus artesãos, agricultores. Respeite.

O que fazermos hoje brilhará amanhã. Após esse momento épico, o futuro de nossos empregos mudará, os nossos valores irão mudar, devem mudar, não podemos continuar a cometer os mesmos erros. Humanidade e hospitalidade são uma nova maneira de atuar para todos nós.

Todos nós devemos ser hospitaleiros pois é a moeda de troca das pessoas comuns que demonstram um amor extraordinário pelos outros. Abra as portas da sua casa e do seu coração para se envolver com os que estão mais perto de si. Pequenas coisas podem mudar tudo. Pare de mandar! Sirva para ser servido.

O meu conselho é que se investirem na vossa moldura humana e criarem um espaço para eles, onde se possam sentir ouvidos, capacitados, respeitados e valorizados, naturalmente que se alimentarão destes mesmos valores para interagirem, com os vossos clientes. Qualquer grande empresa de sucesso está assentada no seu capital humano. Quando fazemos isso bem, podemos ver o retorno desses esforços através da alma de equipes felizes e nos fluxos das receitas. A arma secreta é a hospitalidade para criar um Restaurante de sucesso.