Início|Entrevistas

Dominique Crenn: “Os prémios não definem quem és”

Nos dois primeiros anos de existência, o Atelier Crenn foi premiado com duas estrelas Michelin e Dominique Crenn a primeira mulher nos Estados Unidos a consegui-lo. Em 2016, foi considerada a Best World’s Female Chef. Mas não é nada disso que a define.

Por |15:01, 16/08/2017|

Yuri Herrera

Chegámos cedo e a esta hora a porta ainda está fechada para que não se comecem a acumular olhares curiosos. Cá dentro, os utensílios de cozinha ecoam na sala. Os trabalhadores já estão nos seus postos há algum tempo. Abriu portas no verão passado e desde aí que as novidades não param. Estamos no Bairro do Avillez, um local onde a Lisboa cosmopolita e típica se encontram. E, agora, também o Peru.

Por |15:44, 28/07/2017|

Chiara Ferro

Chegamos à hora combinada à Madragoa. Uma senhora na varanda está a estender um lençol que deixa na rua o cheiro a sabão azul e branco. Cá fora, estão dois vasos de cada lado da porta, onde, em cima, está escrito à mão ‘Osteria’.

Por |19:20, 15/05/2017|

Tiago Pereira

A preservação da história oral é importante para o seu trabalho e é graças a ele que agora, em formato documental, temos acesso a conteúdo de património histórico, que por outro caminho nunca conheceríamos.

Por |14:56, 18/04/2017|

Tiago Bonito

Quando falámos com o Tiago Bonito, era segredo. Mal nos confirmava que a Casa da Calçada era o seu destino, ainda que lhe disséssemos que já sabíamos. Só dava a entrevista se saísse depois do anúncio oficial. Ok, respeitámos isso. Retrato de um jovem cozinheiro que, agora, abraça um restaurante já com estrela Michelin.

Por |13:36, 17/04/2017|

Luciano Marques

Luciano Marques chegou a Portugal de mochila às costas e coragem no peito. As raízes e a sua filha de oito anos levam-no ao Brasil de vez em quando. É o chefe por trás do Bairro do Avillez que abriu portas em junho de 2016. A carreira de futebolista piscou-lhe o olho ainda jovem, mas foi a cozinha que o arrebatou quando aos 17 anos foi ajudar um amigo num restaurante.

Por |12:23, 16/03/2017|

Mouette Barboff

Mouette Barboff, antropóloga francesa especialista no tema do pão, já editou três livros em Portugal e, em breve, lançará o seu quarto: 'O Pão das Mulheres'.

Por |11:57, 10/02/2017|

Mário Rolando

Já lá vão seis mil anos de história naquele que é considerado o mais antigo alimento do mundo. Mário Rolando conhece-o bem. Trocou as aulas de Direito por cozinhas cheias de farinha e hoje produz pães, com massas-mãe com quatro anos, que demoram 24 horas a estarem prontos.

Por |10:28, 30/01/2017|

Arnaldo Azevedo

Tem vindo a fazer um trabalho consciente e a ajudar a afirmar o Porto como destino gastronómico em Portugal. É um cozinheiro filho de outro cozinheiro homónimo: Arnaldo Azevedo, o seu pai.

Por |16:17, 11/01/2017|

Wilson Pires e António Oliveira

São dois jovens portugueses, com uma vontade de fazer diferente e que por isso não hesitaram quando lhes foram feitas propostas para trabalharem no estrangeiro. António Oliveira, 25 anos, foi o primeiro a arriscar na Dinamarca, no Curfew Bar, onde trabalha desde do início de 2015, com o também português Humberto Marques. Wilson Pires, 27 anos, seguiu no mesmo ano para a Holanda.

Por |18:12, 05/01/2017|

Partilhar com um amigo