O grupo de restauração português Plateform decidiu encerrar todos os seus 150 espaços devido ao novo coronavírus. Alma (duas estrelas Michelin), Sala de Corte, Vitaminas e Wok to Walk já fecharam portas.

Em comunicado oficial, face aos últimos desenvolvimentos do novo coronavírus, Rui Sanches, diretor da Plateform (anterior Multifood), decidiu suspender por tempo indeterminado o funcionamento de todos os espaços de restauração que a marca possui. “Esta não foi uma decisão fácil. Precisámos de tempo para ponderar tudo o que estava em causa, a começar pelo bem-estar dos nossos quase 2 mil colaboradores e de todos os compromissos que assumimos para com eles, fornecedores e parceiros sem nunca imaginar uma crise desta magnitude”, afirmou o responsável que acredita que só assim conseguirá “garantir a total segurança de clientes, colaboradores e fornecedores, algo que, neste momento, é a nossa única prioridade”.

Recorde-se que desde dos restaurantes em centro comercial àqueles de rua, são 150 os espaços detidos pelo grupo Plateform. Do seu portefólio de restaurantes, estão presentes 25 marcas, do quais 23 próprias e duas internacionais. Alma [do chefe Henrique Sá Pessoa], Pesca, Tapisco, Sala de Corte, Tavares, Coyo Taco, Zero a Zero, Vitaminas, Wok to Walk, Talho Burguer e Capri são alguns dos espaços agora encerrados.