Espero que, após uma semana passada desta tormenta inesperada no ar e em todos os sinos da sociedade seguido de incertezas, com um tráfego de hora de ponta em Lisboa de notícias assustadoras, possamos todos, em conjunto, ver dentro do caos variáveis que passaram a ser certas e atuar no que nos é possível. 

Por mais assustador (e talvez louco) que nos pareça, agora é a hora de seguirmos em frente. Com isso, quero dizer, continue a aprender, continue a aprimorar as suas habilidades seja na cozinha com a família, seja a organizar refeições casuais em casa, seja a planear o dia com um budget limitado, mantenha-se forte! Aproveite se estiver em casa e faça o que passa a vida a dizer que gostava de fazer com a família. Faça o que fizer, não se pode parar. Se o seu Restaurante, Bar, Pastelaria, Padaria, Hotel estiver fechado, sugiro-lhe que deverá tentar fazer coisas novas, nem que seja para aumentar pedidos de entrega de outros parceiros em casa. Seguramente na vossa área de residência alguém se mantém a tentar servir a comunidade. Se estiver totalmente desligado por um tempo, faça uma limpeza profunda, trabalhe nos próximos menus, crie guias de formação para as suas equipes, aperfeiçoe os sistemas que tem em curso. Organize vídeo conferências com as suas equipes, fornecedores, clientes ou colegas de profissão e sonde o que se está a passar com o mundo real de quem está igual a si. Faça o que fizer, NÃO PARE! Eu sei o quão difícil isto pode soar e igualmente sei que pode não ser o que quer fazer, MAS PRECISA. Também queremos ajudá-lo o máximo possível a passar por este difícil e incerto momento, o ETASTE e a sua equipe estão a fazer um esforço tremendo para chegar a toda a comunidade gastronómica com entrevistas, opiniões, diários e vídeos para levar a todos uma energia positiva, hospitalidade e que queremos que todos vocês se sintam e saibam que estamos todos na linha da frente para vencer esta incerteza… Somos pessoas e temos uma grande vantagem agora que irmos todos para um lugar melhor. Obrigado Paulo Amado pela tua gratitude e magnitude humana de nos pores todos a pensar hospitalidade, gastronomia, cozinha, vinhos, negócio e vida futura. Estamos com a nossa melhor capacidade humana de termos de chegar a todos com um link delicioso de boa vontade de fazer chegar o melhor de cada um de nós. O grande pulmão da Hospitalidade é servirmos os outros, agora é o momento, agarre esta viagem impagável no tempo e aproveite os momentos diários que o levam a reflectir, ponderar e abraçar o momento. O agora, é algo que já estamos habituados a lidar quando temos clientes, mas no fundo agora é hora de olharmos para nós próprios e aprendermos a respirar de novo. Vamos curar-nos a todos primeiro para podermos voltar mais fortes, as adversidades actuais vão fazer de nós pessoas mais próximas e mais fortes. O futuro precisa de nós e conta com todos nós. Fazer nada e fazer tudo!