Untitled, o novo projeto de Tony Conigliaro

Heston Blumenthal (três estrelas Michelin) considera-o um revolucionário. E de facto não está muito longe do que Tony Conigliaro faz – ou é. Agora acaba de inaugurar um novo bar. Chama-se Untitled e fica em Londres.

Nos últimos 15 anos, tem-se dedicado a misturar sabor, ciência e arte para levar mais além as fronteiras da mixologia. Finalmente, há dois anos, no seu laboratório Drink Factory, na capital londrina, tem vindo a desenvolver, parcerias com chefes, perfumistas, mestres chocolateiros e designers para levar os cocktails a outro nível. E a provar que o faz com sucesso, aí estão os prémios ano após ano.

Um dos primeiros foi atribuído pela Time Out, em 2001, ao Sosho Match, considerado como ‘melhor bar’. E no ano passado, a lista 100 Best Bars in The World colocou o seu 69 Colebrooke Row, em Londres, no lugar 62, afirmando: “O veterano Tony Conigliaro, que aparece consecutivamente nas últimas cinco listas do 50 Best Bares in The World, continua a ter um dos bares imperdíveis da cidade”. Talvez a queda da primeira parte da lista para a segunda (que vai do lugar 50º ao 100º) tenha a ver com o facto de todos os sentidos do barman estarem agora voltados para o novíssimo Untitled, na hipster Kingsland Road, em Londres.

Como contou ao ‘How To Spend It’, o suplemento de fim-de-semana do jornal Financial Times, o novo espaço desafia todas as noções do que se esperaria de um bar tradicional. O interior é marcado pela austeridade e por acolher uma galeria de arte. No centro está uma mesa de cinco metros de comprimento em cimento, concebida para sentar 20 pessoas – o objetivo é que os clientes entrem como estranhos e saíam – pelo menos – como conhecidos.

Num dos extremos da sala, os bartenders – uma equipa de apenas cinco – terão um espaço de trabalho reduzido (em comparação com a dimensão total do bar), estando as garrafas ‘escondidas’ em armários. A coroar o Untitled, estará uma mezzanine para conversas mais íntimas. No exterior, haverá um jardim.

Mas voltando ao interior. Nem tudo é austeridade. As paredes estão revestidas a folha de prata numa homenagem à Fábrica de Andy Warhol, artista que Conigliaro admira profundamente, e que nos anos 80 tinha igualmente o seu estúdio forrado com folhas de estanho, o que lhe viria a cunhar o nome de Silver Factory.

E a ligação às artes não vai ficar por aqui. Além da galeria que o espaço já alberga, a ideia é manter uma colaboração ativa com designers, artistas e joalheiros das redondezas. Para já, uma das primeiras parcerias foi com o fotógrafo Benny Robinson que criou as ilustrações que o staff ostenta nos seus uniformes. Será também ele quem fará a curadoria dos trabalhos expostos no Untitled.

E para quem pensa que Conigliaro ficará por aqui, desengane-se. Assim que este projeto estiver consolidado, rumará a França onde na região de Cognac, nas margens do rio Charente, vai abrir um bar, um restaurante e um hotel – já este verão.

Contactos
Untitled
538, Kingsland Road, Londres
Tel.: +44 7841 022924

Por |2017-03-14T11:46:38+00:0010:00, 20/02/2017|

Partilhar com um amigo