Entre os próximos dias 21 e 30 de março, a cidade Invicta recebe a primeira edição da Porto Food Week onde vão acontecer jantares inéditos, conversas, rotas gastronómicas e um fórum de cozinha — que vai juntar à conversa vários chefes portuenses (e não só).

Regida pelos mesmos moldes da Lisbon Food Week — o evento irmão cuja próxima edição acontece entre os meses de setembro e outubro — a Porto Food Week (PFW) pretende oferecer uma série de atividades aos mais devotos foodies e entusiastas. São cerca de 20 as iniciativas que acontecem nesta semana gastronómica, respetivamente divididas por temáticas nas linhas que se seguem.

Jantares

Baca na Brasa é o nome de um dos oito jantares da Porto Food Week. Acontece dia 20 de março e junta quatro chefes de cozinha. Foto: Theo Gould

Conversas Culinárias

Depois da barriga devidamente preenchida, é tempo de falar de assuntos sérios. A PFW propõe um programa de três conversas de diferentes temáticas. A primeira, a 24, a ter lugar na Galeria Fernando Santos, vai juntar o chefe Hugo Brito, os artistas Beatriz Albuquerque e Albuquerque Mendes e ainda o músico Rui Reininho para uma partilha sobre as possíveis ligações entre as artes e a gastronomia. Dois dias depois, a 26, alguns dos principais restauradores portuenses, como Vasco Mourão (Grupo Cafeína) ou Sérgio Cambas (Paparico e Cervejarias Brasão), unem forças para discutir o panorama atual da cidade e o que reserva o futuro para o Porto. A iniciativa terá lugar no Terminal 4450 de Ricardo Rodrigues — que também terá uma palavra nesta conversa. Por último, a 27, o Hard Rock Café recebe o músico João Só, o músico e realizador Tiago Pereira e ainda o chefe João Pupo Lameiras (Ro, Porto) para um diálogo descontraído sobre as possibilidades das conjunções entre a música e a comida.

Rotas

Uma boa novidade é que ao longo desta longa semana são várias as possibilidades de ficar a conhecer melhor a gastronomia da região. As rotas gastronómicas são uma boa opção para desvendar alguns espaços do Porto, dos mais tradicionais aos mais contemporâneos. No total existirão seis rotas, cujos pormenores pode encontrar no site da iniciativa. Duas delas vão ser a Rota à Grande e há Francesinha, que como o título denuncia vai juntar algumas das melhores casas portuenses conhecidas por fazer esta famosa sanduíche; e a Rota dos Novos Restaurantes do Porto, com uma seleção das mais recentes novidades da Invicta.


À parte disso, a organização propõe um circuito pelas Tascas do Porto, dia 23 — uma espécie de foodie paper, guiada por Pedro Ornelas, por algumas das pérolas da cidade como os cachorrinhos da Cervejaria Gazela ou a sande de Pernil da Casa Guedes, só para dar alguns exemplos.

Fórum, prémios e um after party com rabanadas

Durante um único dia [25 de março], os anfitriões Paulo Amado (fundador da Porto Food Week e diretor das Edições do Gosto) e Alexandre Silva (chefe e proprietário do Loco em Lisboa) recebem no Palácio do Freixo, os chefes Renato Cunha (Ferrugem, V.N. Famalicão), Cláudio Cardoso (Wonderland Restaurants, Londres), Hugo Brito (Boi Cavalo, Lisboa), Rui Martins, Vasco Coelho Santos (Euskalduna e Semea, Porto), Rodrigo Castelo (Taberna Ó Balcão, Santarém), João Cura (Almeja, Porto) e Nuno Castro (Fava Tonka e Esquina do Avesso, Leça da Palmeira) para várias conversas e demonstrações na primeira edição deste Fórum Pensar Cozinha. À parte disso, também terão lugar no palco outros intervenientes ligados ao mundo da gastronomia, como António Cordeiro (autor do livro ‘9 formas de empreender com personalidade’), Virgílio Gomes (gastrónomo), Olga Cavaleiro (Federação Portuguesa das Confrarias Gastronómicas), António Geadas (sommelier do G Pousada, Bragança), Teresa Vivas (projeto Cozinhas do Douro) e ainda Nuno Diniz (autor do livro ‘Entre Ventos e Fumos’).


Ainda nesse dia, mas mais tarde, a disposição do palco muda por completo para receber a 5.ª edição dos prémios Flavors & Senses, do blogue com o mesmo nome, do casal João e Cintia Oliveira. Daqui vão sair os novos vencedores das categorias ‘Chefe a Seguir’, ‘Restaurante Revelação’, ‘Restaurante Tradicional’, ‘Serviço de Vinhos’ e ‘Empresário do Ano’, entre outras. A festa segue para o restaurante Mito de Pedro Braga para uma After Party com a curadoria da Confraria da Rabanada — do qual o portuense é um dos fundadores, juntamente com outros chefes de cozinha e aficionados desta sobremesa feita à base de pão. Vasco Coelho Santos, João Pupo Lameiras e Rodrigo Castelo serão alguns dos chefes que vão criar a sua versão da rabanada, ao som da música de Tiago Lessa.

Mais informações sobre todos os eventos da Porto Food Week (incluindo preços, horários e moradas) aqui.

O chefe Rodrigo Castelo é um dos oradores convidados para o Fórum Pensar Cozinha e um dos chefes que vai marcar presença na After Party da Confraria da Rabanada. Foto: Theo Gould