Eneko Atxa, chefe do Azurmendi, no País Basco — detentor de três estrelas Michelin e considerado o 14.º melhor restaurante do mundo para a The World’s 50 Best — vai abrir dia 25 de setembro dois espaços em Lisboa, no antigo Alcântara Café.

Depois do chefe espanhol Martin Berasategui ter surpreendido, o ano passado, ao inaugurar o restaurante Fifty Seconds na Torre Vasco da Gama, agora é a vez de Eneko Atxa apostar todas as fichas em Portugal com a abertura de não um, mas dois restaurantes na capital portuguesa: Eneko Lisboa e Basque. A novidade, avançada primeiro pelo Expresso e confirmada, mais tarde, pela agência de comunicação do projeto, O Apartamento, abrirá sob a chancela do Penha Longa Resort que já detém no hotel situado em Sintra, os estrelados Lab e Midori.

Segundo contou o chefe basco ao jornal português, Eneko Lisboa vai apresentar-se como um restaurante de fine dining e terá no menu algumas “nuances locais”. Já o Basque terá um conceito de tasca basca associado, com pratos para partilhar, num ambiente mais informal.

Este será o quinto restaurante ao qual o chefe de 42 anos empresta o nome. Eneko existe também no País Basco, em Bilbao, em Londres e em Tokyo. Os dois primeiros, localizados em Espanha, contam com uma estrela Michelin cada. Atxa, um dos mais conceituados chefes espanhóis da atualidade, detém ainda o Azurmendi que em 2018 ganhou o prémio de restaurante sustentável do ano pela lista The World’s 50 Best Restaurants.