O restaurante Esporão, inserido na Herdade com o mesmo nome, em Reguengos de Monsaraz, no Alentejo, vai fechar as suas portas em finais de outubro para reabrir mais tarde com um novo conceito. A decisão deve-se a uma nova estratégia implementada pela empresa.

Pedro Pena Bastos, de 27 anos, chefe do restaurante desde a sua abertura, em 2014, vai agora rumar a outros destinos, ainda incertos. No Esporão praticava uma cozinha com influências nórdicas e acompanhava de perto a produção de alguns produtos nas hortas da herdade, em que respeitava o ciclo vegetativo das plantas cultivadas.

Antes de chegar ao Alentejo, Pedro somou experiências no Cafeína, no Porto, Grémio Literário, em Lisboa, Ledbury, em Londres e Geranium, em Copenhaga. Desenvolveu ainda várias consultorias e serviços de catering com a sua empresa ‘Revolta do Palato’.

Ainda enquanto chefe do Esporão, Pena Bastos desloca-se no próximo mês de outubro, dia 4, até Nova Iorque, ao Aldea, onde vai cozinhar com o lusodescendente George Mendes. Mais informações sobre o evento aqui.