Enche a mão. É forte e agradável ao folhear. Conta Lisboa por Nuno Mendes. Tem isso de ser um olhar de fora, mesmo que o autor seja português. Ao nível da gastronomia, talvez o português mais famoso no Reino Unido. Há fotos, design e texto de fora, é que tudo é uma visão de fora e é bonito. Folheiam-se as receitas uma a uma e sabemos que há ali do que é nosso ou do que é do Nuno Mendes e da sua simbiose com o local por onde agora está e as memórias de tudo quanto foi sítio por onde andou. Assim é a sua cozinha. Assim é este livro, Lisboeta de seu nome. Cheio de estilo e bom para alargar mais a ideia do place to be. English people, unite. Get out of the Brexit idea (you will sure change that, won’t you?) and visit Lisbon as we need to mix you guys with french newcomers.

A Taberna do Mercado, onde Nuno Mendes pratica alguma inspiração portuguesa, já que no Chiltern Firehouse a coisa é muito diferente, tem sido palco de apresentações teste deste livro. São estas receitas que vão à mesa até ao dia 18 de outubro, quando se apresenta a obra. Na calha, muitos projetos e mais um livro sobre Portugal mas não sei se era para dizer. Há sempre isto e aquilo que se diz e que fica por dizer. Que se pode dizer, que não se pode dizer. Em breve, quando regresse, a ver se lhe pergunto se podia ser dito.

Ficha técnica:
Nome: Lisboeta: Recipes from Portugal’s City of Light
Autores: Nuno Mendes
Editora: Bloomsbury Publishing
Páginas: 372
PVP: 29,43€