A AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal divulgou ontem, dia 13 de maio, o Guia de Boas Práticas que os restaurantes devem seguir ao reabrirem a 18 de maio. O documento, validado pela Direção Geral de Saúde, apresenta medidas mais específicas do que aquelas apresentadas pela DGS.

O Guia de Boas Práticas aborda de forma detalhada temas como os layouts e a capacidade dos estabelecimentos, a sensibilização e capitação, as regras de controlo de entrada, as regras de higiene pessoal, os fardamentos e equipamentos de proteção individual, os recursos materiais, as regras de limpeza e desinfeção, a preparação e confeção de alimentos, os serviços, os modo de pagamentos, os requisitos específicos para self-service, buffet, take away, delivery e drive-in e ainda, o livro de reclamações.

No capítulo dedicado às regras de limpeza e higienização, por exemplo, a AHRESP fala sobre técnicas de limpeza, materiais de limpeza, frequência de limpeza, produtos de limpeza e desinfeção e ainda limpeza e desinfeção das superfícies de áreas comuns. “Os panos de limpeza devem, sempre que possível, ser de uso único e descartáveis. Quando não o forem, devem ser diferenciados por um código de cores, para cada uma das áreas, de acordo com o nível de risco. São exemplos: Bancadas, mesas, cadeiras, entre outros: [pano] azul; Mesas de refeição e áreas de preparação de alimentos: [pano] verde; Instalações sanitárias – pano só para limpar o lavatório: [pano] amarelo; pano para as sanitas (exterior): [pano] vermelho”, pode ler-se.

O guia pode ser consultado aqui.

Como forma de apresentar e melhor esclarecer estas medidas, a AHRESP organiza amanhã, dia 15 de maio, um webinar no canal de youtube da Associação, entre as 10h e o 12h. A conversa contará com a presença Carlos Moura, 1º Vice-Presidente da AHRESP, Ana Jacinto, Secretária-Geral da AHRESP, Pedro Carvalho, Coordenador do Departamento Financeiro e Económico e João Torres, Secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor.