Este ano, o festival gastronómico San Sebastian Gastronomika vai decorrer ao longo de cinco dias, de 5 a 9 de outubro, e vai realizar-se exclusivamente em formato online, de forma totalmente gratuita.

Como forma de se adaptar a uma nova realidade gerada pela crise provocada pelo novo coronavírus, o festival com sede no País Basco, Espanha há mais de 20 anos — e que junta deste então alguns dos maiores nomes da cozinha espanhola (e não só) para dias repletos de conversas, debates, apresentações, mostra de produtos, concursos e demonstrações de cozinha — vai realizar-se online, através de uma plataforma digital criada para o efeito. Nesta será possível ver diferentes atividades em simultâneo.

‘Caminhos’ será o tema da edição XXII que abordará “tendências alternativas e realidades da gastronomia internacional que estão a surgir”. Este ano, o evento promete dar palco a chefes de restaurantes gastronómicos “informais, criativos e de produto que fogem ao modelo cânone da Michelin”, bem como, abordar o tema Black Cuisines Matter relacionado com o movimento Black Lives Matter.

Ángel León, Mario Sandoval, Joan Roca, Paco Morales, Alex Atala, Carme Ruscalleda, Juan Maria Arzak, Andoni Aduriz, Eneko Atxa, Martín Berasategui, Quique Dacosta e Gaggan Anand são alguns dos nomes que já passaram pelo festival. Em 2017, José Avillez e André Magalhães foram os representantes portugueses no evento.

Recorde-se que em maio, o San Sebastian Gastronomika dinamizou um congresso online com mais de 50 cozinheiros e profissionais da restauração de todo o mundo com o intuito de gerar diálogo sobre o impacto da Covid-19 no setor.

Mais informações aqui.