Foi no passado dia 1 de Outubro que o Sála saiu da sala e invadiu a Rua, no caso, a Rua dos Bacalhoeiros.­ João Sá era um homem feliz e juntou um grupo de amigos e clientes para comemorar o feito. João comparou este momento ao primeiro aniversário da sua filha, um momento mágico, de desfrute e serena felicidade, uma pausa na frenética vida de chefe de cozinha e empresário de um restaurante.

Na festa, o ‘wine tasting‘ apoiado em vinhos e informações por alguns produtores, foi-se transformando pouco a pouco em ‘wine party‘ e os convivas invadiram a rua, pontuando a festa com quitutes que iam saindo do balcão do Sála, no qual todo o staff parecia partilhar do clima de descontracção e convívio, sem com isso descurar a cozinha de elevado rigor e criatividade.

João Sá continua a ser um dos jovens chefes de maior talento e ousadia, continua sem medo de arriscar, mas agora tempera o risco com a sua experiência e bom senso, apresentando propostas de grande sensibilidade e elegância, onde o sabor e as texturas são sempre prazerosas e equilibradas. Long live!

*O autor não escreve ao abrigo do novo acordo ortográfico