A doçaria portuguesa a norte

capa

Parece uma tarefa difícil mas a autora Cristina Castro – com a ajuda do gastrónomo Virgílio Gomes e da historiadora Isabel Fernandes – pretende reunir numa série de cinco livros, os vários doces que constituem a doçaria portuguesa contemporânea – pelo menos alguns deles.

O primeiro volume, que privilegia o norte do país, chega agora às bancas, com curiosidades e receitas de 150 doces ilustrados por Ana Gil e fotografados por Gonçalo Barriga. No total, entre conhecer cada doceiro e fotografar, o processo da obra demorou cerca de dois anos. “Este livro não é para ficar na estante. Tem uma mapa do país e as regiões visitadas. É um guia para andar com os leitores”, elucida a autora

De origem popular ou conventual, nesta obra todos os doces têm lugar, desde as ‘barrigas ricas de freira’ de Monção ao ‘bolo borrachão’ de São João da Pesqueira, sem esquecer os ‘caladinhos’ de Santa Maria da Feira. “Este não é um livro de receitas. Tanto que apenas tem nove no total. É um livro que contém histórias de pessoas, dos doceiros que criaram e fazem estas receitas”, afirma Virgílio Gomes.

Durante o processo foram gravados vídeos com a confeção de algumas receitas que podem ser vistas aqui.

 

Ficha técnica:

Nome: A doçaria Portuguesa. Norte.
Autor: Cristina Castro
Editor: Ficta Editora
Páginas: 312
PVP: 32€

Por |2017-03-21T14:07:26+00:0009:15, 08/11/2016|

Partilhar com um amigo