O espaço do algarvio São Gabriel, chefiado desde 2013 por Leonel Pereira, foi vendido. No entanto, este não deverá ser o fim do restaurante que poderá abrir um mesmo conceito numa nova localização — apesar de ainda não estar confirmado que manterá o mesmo nome. Para já, o chefe prepara-se para abrir o Check-In, em Faro.

Más notícias para os entusiastas da cozinha de Leonel Pereira. O restaurante São Gabriel, em Almancil, fechou após 30 anos de existência — 26 dos quais com estrela Michelin. O espaço foi vendido a novos proprietários que ali vão fazer nascer um outro conceito, um asiático “sem ambição de estrelas”, desvendou o chefe num post de despedida escrito na sua página de Facebook.

No entanto, Leonel confirmou que este não será o fim do conceito do São Gabriel que ao que parece abrirá numa outra localização, apesar de não estar garantido que manterá este nome. Mais novidades vão saber-se antes do próximo verão, garantiu. Até lá, o chefe abrirá já no final de janeiro de 2020 um restaurante em Faro, de nome Check-in Faro. Será um espaço com um conceito mais descontraído e informal do que o São Gabriel.

Com o encerramento do restaurante, Portugal e o Algarve têm agora menos um espaço com estrela Michelin. Lembre-se que ainda há dias, o Guia Michelin presenteou o nosso país com cinco novas estrelas mas retirou três a precisamente três restaurantes, dois dos quais situados no Algarve.

Leonel Pereira esteve um longo período no Carlton Alvor Praia e depois foi para o Brasil coordenar as aberturas dos hotéis do Grupo Pestana, onde recebeu o título de Chefe Revelação do Ano. De regresso a Portugal, foi responsável pela renovação gastronómica das Pousadas de Portugal, antes ingressar no Sheraton Lisboa Hotel & Spa. Em 2013, voltou ao Algarve para chefiar o São Gabriel.