#resistir Teresa Barros: Tempo para parar

Ao entrar em 2020, o sentimento era um de segurança. Continuávamos acelerados, confiantes no sucesso que estava para vir (tudo assim o indicava). doçaria industrial e a derrota das doçarias de cunho local, regional, conventual e monacal?